Os 4 principais mercados de turismo médico da América Latina

O turismo médico está longe de ser um conceito novo na América Latina. A princípio, muitos nortistas ficavam fascinados com a redução de custos que poderiam obter ao realizar grandes procedimentos médicos no sul. À medida que o mercado continuou a crescer e evoluir, no entanto, as pessoas viajam para o sul para fazer procedimentos não apenas pelos baixos custos, mas também pela qualidade dos tratamentos.

É claro que os centros médicos latino-americanos não têm interesse em ver uma diminuição dessa tendência e, por isso, estão sempre em busca dos dispositivos e equipamentos mais modernos para continuar a ser um polo de turismo médico. De acordo com a Market Data Forecast, o mercado latino-americano de turismo médico crescerá a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 18,9% até 2021 e alcançará um valor de US$ 10,3 bilhões, frente aos US$ 4,3 bilhões registrados em 2016.

Apresentamos abaixo os quatro principais mercados da América Latina em que o turismo médico é um grande negócio.

Brasil
Embora o valor economizado no Brasil não seja tão significativo quanto em outros países da América Latina (pacientes norte-americanos economizam entre 20% e 30%), o Brasil oferece a vantagem de ter um mercado de saúde confiável e consolidado em um país que está sempre se modernizando. Isso traz tranquilidade a muitos turistas médicos. Segundo o periódico International Medical Travel Journal, o turismo médico no Brasil deverá crescer 45% entre 2016 e 2021.

México
O México foi um dos primeiros países a aproveitar a febre do turismo médico – muito naturalmente graças à sua proximidade com os Estados Unidos. O mercado, contudo, só evoluiu desde o seu início e, atualmente, a qualidade do atendimento em muitas áreas do México é comparável à dos EUA. De um modo geral, estima-se que os turistas médicos no México cheguem a economizar entre 40% e 65% quando comparado com os mesmos procedimentos realizados nos Estados Unidos.
Segundo a Euromonitor, o turismo médico gerou US$ 4,7 bilhões para o México em 2016, representando um aumento de 5,2% em relação a 2015. Mais de 1,1 milhão de pacientes de todo o mundo visitaram o México para realizar tratamentos médicos em 2016, o que torna o país o segundo maior mercado mundial de turismo médico em volume de pacientes, ficando atrás apenas da Tailândia, com 1,2 milhão de pacientes. Estima-se que o turismo médico cresça 6% no México em 2017 e gere US$ 6 bilhões em receitas.

Costa Rica
Esse pequeno país tropical se consolidou gradualmente no mercado de turismo médico e hoje é reconhecido internacionalmente por oferecer serviços e procedimentos de alta qualidade por uma fração do preço cobrado em muitos países ocidentais. Estima-se que mais de 40 mil americanos viajem todos os anos para a Costa Rica para obter tratamentos médicos, economizando entre 45% e 65% nas suas despesas médicas. De acordo com o Banco Central da Costa Rica, 69.420 pacientes estrangeiros foram à Costa Rica em busca de tratamento médico em 2016, comparado a pouco mais de 40.000 em 2012.

República Dominicana
Embora costume ser mais conhecida pela produção de astros do beisebol, essa ilha caribenha vem há algum tempo assumindo um protagonismo cada vez maior na área do turismo médico. Em 2014, os centros médicos e hospitais da República Dominicana atenderam mais de 20 mil pacientes internacionais – e esse número só deve crescer nos próximos anos.

Como usar esse crescimento para aumentar suas vendas

Além de proporcionar economia para os viajantes que chegam à região, o crescimento do turismo médico da América Latina oferece oportunidades significativas para a venda de equipamentos e dispositivos médicos.

Ao usar o HospiScope, o banco de dados hospitalares da GHI para a América Latina, você pode identificar quais hospitais possuem diferentes tipos de equipamentos e detectar oportunidades de vendas. Você também pode pesquisar por procedimento – sobretudo considerando que os turistas médicos geralmente viajam para realizar procedimentos cosméticos – e elaborar uma lista de possíveis clientes com base nos resultados dessas pesquisas.

Podemos ajudar também com estudos de mercado personalizados para que a sua organização possa identificar as principais instituições e clínicas no mercado latino-americano de turismo médico que provavelmente precisam de equipamentos especializados.

Entre em contato com a GHI para obter uma demonstração gratuita do nosso banco de dados. Você verá como é rápido e fácil usar ou saber mais sobre os nossos estudos de participação de mercado e serviços de pesquisas personalizadas.

 

Recent Posts

Quer se manter informado sobre as principais notícias de saúde na América Latina?

Inscrever-se para o GHI Newsletter

Contact Us

Please feel free to contact us at any time. Send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Editar texto captcha txt

Start typing and press Enter to search