Perspectiva para o mercado brasileiro de saúde em 2018

Não é nenhuma surpresa afirmar que o Brasil é um dos mercados de saúde mais importantes e vitais da América Latina.

Com uma população de mais de 200 milhões de habitantes, o país é o maior mercado latino-americano de dispositivos médicos, com cerca de 6,5 mil hospitais e 18 mil laboratórios de diagnóstico. Embora existam aproximadamente quatro mil fábricas nacionais que produzem dispositivos médicos, a revista BoneZone estima que 80% de todos os produtos médicos utilizados nos hospitais brasileiros são importados.

Ainda que o mercado brasileiro tenha registrado uma retração nas importações de dispositivos médicos nos últimos anos, dados mais recentes compilados pelo nosso serviço ShareScope sugerem que o Brasil está se recuperando bem nessa área.

Mas as importações de dispositivos médicos estão longe de ser a única área em que o setor de saúde brasileiro mostra retomada do crescimento. Apresentamos a seguir algumas outras estimativas de mercado para os setores de saúde no Brasil que vêm crescendo a um ritmo expressivo.

Gastos gerais com assistência médica

Segundo projeções da ReportBuyers, as despesas com assistência médica no Brasil crescerão significativamente nos próximos dois anos, registrando uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 5,8% entre 2018 e 2020.

Equipamentos médicos em hospitais

Ao analisarmos os números do nosso serviço HospiScope – extenso banco de dados sobre hospitais latino-americanos criado pela nossa organização –, percebemos que os hospitais brasileiros aumentaram a quantidade de seus equipamentos em diversas categorias durante o ano de 2017. Esses equipamentos incluem os seguintes:

•    Sistemas de medicina nuclear: aumento de 14% nos hospitais brasileiros em 2017
•    Eletrocardiógrafos: aumento de 34% nos hospitais brasileiros em 2017
•    Máquinas de endoscopia: aumento de 27% nos hospitais brasileiros em 2017
•    Máquinas de raios X: aumento de 12% nos hospitais brasileiros em 2017
•    Máquinas de ressonância magnética: aumento de 9% nos hospitais brasileiros em 2017
•    Fluoroscópios: aumento de 7% nos hospitais brasileiros em 2017
•    Densitômetros ósseos: aumento de 6% nos hospitais brasileiros em 2017

Esse crescimento específico que estamos observando parece estar bem alinhado com as projeções de mercado elaboradas por outras fontes, como a da organização GlobalData, segundo a qual o mercado brasileiro de dispositivos médicos crescerá a uma CAGR de 7,5%, atingindo US$ 14,2 bilhões em 2020.

Biomateriais

O mercado brasileiro de biomateriais (utilizados em tratamentos cardiovasculares, ortopédicos, urológicos e de feridas e em sistemas de liberação de fármacos) registrará uma CAGR de 18,3% entre 2017 e 2022, alcançando a marca de US$ 5,1 bilhões nesse último ano, frente a US$ 1,8 bilhão em 2016.

Produtos farmacêuticos

O mercado farmacêutico brasileiro deverá crescer a uma CAGR de 3,5% entre 2018 e 2021, registrando, nesse último ano, um valor de quase US$ 30 bilhões– um salto expressivo em relação aos US$ 25,3 bilhões observados em 2016.

Saúde digital

Esse setor abrange soluções de TI para assistência médica, novos softwares de gestão de casos e realização de análises preditivas e outros tipos de soluções de saúde móvel (mHealth), bem como prontuários médicos eletrônicos. A Global Market Insights prevê que o mercado brasileiro de saúde digital registrará um aumento da ordem de 28% entre 2015 e 2024.

APROVEITANDO A FORTE EXPANSÃO DO BRASIL

Empresas que procuram maximizar suas oportunidades no Brasil podem explorar diversas opções oferecidas pela Global Health Intelligence (GHI) que podem ajudá-las a alcançar esse objetivo:

HospiScope: Fabricantes de dispositivos médicos podem usar esse produto da GHI para observar quais hospitais brasileiros estão aumentando suas compras de equipamentos, permitindo que identifiquem rapidamente novas perspectivas ou sincronizem o HospiScope com sua plataforma de relacionamento com o cliente para realizar análises de propensão e aumentar a eficácia da equipe de vendas.

ShareScope: Empresas que desejam entrar ou expandir suas operações no Brasil podem usar esse produto não apenas para identificar quais marcas têm as maiores participações de mercado com diferentes tipos de produtos, mas também para descobrir o tamanho dos mercados no intuito de avaliar o potencial de crescimento dos seus esforços de vendas.

In-Scope: Esse serviço extrai dados de inteligência competitiva que podem dar a empresas do setor farmacêutico e de biomateriais ou dispositivos médicos uma vantagem sobre seus concorrentes. O In-Scope também pode oferecer pesquisas personalizadas para responder a perguntas estratégicas específicas que sua empresa possa ter sobre o mercado brasileiro de saúde – além de orientações de analistas da GHI para transformar análises de mercado em ações estratégicas eficazes.

Recent Posts

Quer se manter informado sobre as principais notícias de saúde na América Latina?

Inscrever-se para o GHI Newsletter

Contact Us

Please feel free to contact us at any time. Send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Editar texto captcha txt

Start typing and press Enter to search